13-08-15 OFICINA DE ARTE - Prefeitura Municipal de Conchas

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

13-08-15 OFICINA DE ARTE

NOTICIAS > 2015 > AGOSTO
Oficina de Arte promovida pela Prefeitura Municipal de Conchas aborda os movimentos artísticos do século XX
 
Em mais uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Conchas, através do Departamento de Educação e Cultura, para a promoção da arte a toda comunidade, entre os dias 20 a 28 de julho aconteceu a oficina de arte “Emoções e pensamentos do século XX”, na Bilbioteca Municipal. Essa ação gratuita teve como objetivo conscientizar sobre a ideia e a importância da Arte e promover o conhecimento sobre os principais movimentos artísticos do século XX que influenciaram a arte contemporânea. A oficina foi ministrada pela estagiária e estudante de Artes, Bianca Ferreira.
 
A ideia foi dividir então um tema central, que é a arte do século XX, em cinco períodos e de maneira didática pra não ser cansativo. Os cinco movimentos escolhidos tiveram autores bem famosos e que, com exceção do Grafitti, surgiram simultaneamente ou numa ordem cronológica próxima. 
 
No primeiro dia foi trabalhado a aquarela e explicado um pouco de cada movimento.
“Basicamente, no século XIX, a partir da "invenção" e aperfeiçoamento da fotografia, a maioria dos artistas, que pintavam majoritariamente visões realistas como os retratos a óleo, ficaram sem trabalho. A foto fazia o papel da retratação muito melhor e por ser novidade era o que todos buscavam. Então a ideia de "pintura" precisou se reinventar”, explicou Bianca. Nos séculos anteriores, na chamada Idade das Trevas, a arte ficou reduzida a pinturas religiosas e depois, no Renascimento, ao naturalismo renascido da antiga Grécia, onde o que se retrata artisticamente são as proporções anatômicas e a imitação perfeita na natureza.
 
Movimentos
 
A partir do Impressionismo, cujo "principal" artista foi Monet, surge a ideia de abstração da realidade, no caso desse movimento em especial, das paisagens naturais. Alguns artistas retrataram pessoas com as técnicas impressionistas, mas não é muito popular. O objetivo desse movimento, no caso, é causar literalmente uma impressão.
 
No expressionismo e surrealismo, cria-se a ideia de expressão das emoções, a abstração da pintura que reflete um sentimento ou simboliza uma ideia. No expressionismo, com Van Gogh e Munch, a crença de que as cores que falam à alma humana, que refletem os sentimentos. No surrealismo com Salvador Dalí e Vladimir Kunch, os sonhos que viram realidade nas telas assim como os medos, as fobias e tudo que é irreal. 

Já no Modernismo, surgiu no Brasil o primeiro movimento artístico nacional notável, a Semana de Arte Moderna de 1922.  Tarsila do Amaral  foi destaque pelo aparecimento de críticas sociais nas abstrações das telas, como Operários, e o entendimento que esse movimento no Brasil é ao mesmo tempo, resultado da explosão de tantos movimentos artísticos na Europa, e o embrião de muitos movimentos que virão em seguida, como por exemplo o Grafitti. 
 
Esse último, surgido na década de 70, surge como a reação de todos os eventos marcantes do período: as duas grandes guerras e o contexto da guerra fria com todas suas intervenções militares. Os movimentos de revolta dos jovens na década de 60 começam a dar início a essa vontade de criticar livremente, o movimento negro nos EUA, o assassinato de Martin Luther King. O protesto nas ruas de Paris pela liberdade de diversos tipos, apoiado por figuras como Sartre e Simone de Beauvoir. 
 
Atividades práticas
 
As atividades práticas focaram na compreensão e entendimento da ideia dos movimentos.  “O grande objetivo final foi abordar todos os movimentos de uma maneira em que eles se divertissem pintando, que parassem de olhar pra si mesmos ou àquilo que produzem com a noção de certo ou errado, bonito ou feio, mas como o reflexo deles mesmos, de sua essência e de que a arte pode fazer tudo isso por eles como fez pelos artistas que ficaram famosos”, explicou a estagiária. 
 
Os alunos se empenharam e produziram excelentes trabalhos, que serão expostos brevemente para o público. "Parabéns ao prefeito de Conchas e ao Secretário da Cultura pelo evento que participamos. Evento este que me trouxe conhecimento e inspiração advindos de grandes mestres da pintura. Na voz da professora Bianca, que nos passou a evolução da pintura nas telas e nas diversas maneiras de expressão dos artistas, do passado até os dias atuais, deu a nós inspiração para colocarmos nos nossos desenhos, com pincéis, tintas e cores, as nossas emoções, protestos e sonhos de tudo o que nos rodeia. Aguardo novas iniciativas como esta em nossa cidade, e que eu possa participar delas novamente”, declarou a aluna da oficina, Marilene Munhoz Lopes. 
 
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal